Terça, 27 de Outubro de 2020
(12)99147-9469
Cidades Serviço Social

Prefeitura testa mais de 60 moradores de rua no primeiro dia

Secretaria da Saúde

22/05/2020 10h33
121
Por: Marçal Jr
Prefeitura testa mais de 60 moradores de rua no primeiro dia

Giselle Marinho
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

Eles costumam ser receosos e tímidos. Nem sempre aceitam ajuda e não querem viver no abrigo, mas diante da possibilidade de fazer o teste para a covid-19, o consentimento veio quase que instantaneamente.

No primeiro dia de testes, 67 pessoas em situação de rua foram testadas. Todos os abordados aceitaram realizar o exame. Destes, apenas um deu positivo para a doença.

O trabalho segue na noite desta quinta-feira (21).

A testagem ocorreu em diferentes pontos da cidade durante todo o dia. Divididos em duas equipes, os profissionais devidamente paramentados percorreram os locais onde o público costuma ser encontrado, fizeram orientações, entregaram máscaras e explicaram sobre a importância da testagem.

A expectativa é que a testagem em toda a população de rua seja concluída nesta sexta-feira (22).

Positivo

A confirmação do único caso positivo até o momento veio logo pela manhã: um homem de 50 anos, que veio de Mogi das Cruzes recentemente para viver nas ruas de São José dos Campos.

Mesmo não apresentando qualquer sintoma, ele foi encaminhado para uma unidade de saúde para avaliação. Já com a orientação médica, ele foi levado para o espaço preparado pela Prefeitura de São José dos Campos para o isolamento de pessoas em situação em situação de rua.

Cuidado

A testagem em massa da população de rua integra os esforços da Prefeitura para o controle e prevenção da covid-19 na cidade, especialmente nos públicos considerados vulneráveis e com maior risco de morte em razão da doença.

Desde o início de abril, a Prefeitura de São José dos Campos intensificou o trabalho de apoio e acolhimento voltado à população de rua.

De 1º a 30 de abril,  foram feitas 1.096 abordagens, 178 acolhimentos em abrigos, sendo 75 encaminhamentos para o tratamento em dependência química.

No mesmo período, 284 pessoas foram recambiadas, expressão utilizada para o auxílio que a Prefeitura concede a pessoas em situação de rua para que possam retornar às cidades de origem, quando assim desejarem.

Também foram criados espaços de isolamento para casos suspeitos e confirmados de covid-19.

Idosos e pessoas com doenças crônicas também estão recebendo tratamento diferenciado pelo fato de integrarem os grupos com maior risco de morte no caso de infecção pela covid-19. Para eles, acolhimento está sendo feito em instituições separadas do público em geral. Idosos junto com idosos e pessoas com comorbidades em abrigos diferentes dos demais.

Serviço

Para ajudar as equipes da assistência social a proteger as pessoas em situação de rua, a população deve ligar para 153 ou 156.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.