Sábado, 24 de Outubro de 2020
(12)99147-9469
Cidades Religião

Diocese de São José dos Campos anuncia reabertura de igrejas para missas

Igrejas

28/07/2020 22h50
109
Por: Marçal Jr Fonte: G1
Diocese de São José dos Campos anuncia reabertura de igrejas para missas
 

A Diocese de São José dos Campos anunciou nesta terça-feira (28) a retomada das missas presenciais. A medida começa a valer a partir do dia 15 de agosto e demais celebrações deverão ocorrer gradualmente.

Além de São José dos Campos, a Diocese é responsável ainda pelas igrejas de Jacareí, Igaratá, Paraibuna, Monteiro Lobato e Santa Branca -- que estavam fechadas desde o dia 18 de março para eventos presenciais. Para reabertura, protocolos sanitários deverão ser seguidos como o distanciamento entre as pessoas de 1,5 metro, uso obrigatório de máscara, higienização das mãos e de objetos (bancos, cadeiras, portas, janelas, corrimãos etc) com álcool em gel, água sanitária ou outro desinfetante, para a próxima celebração.

O documento, assinado pelo Bispo José Valmor César Teixeira, diz ainda que as missas serão celebradas, preferencialmente, na igreja matriz de cada paróquia ou em locais abertos e deverão ter as portas e janelas abertas, para a circulação do ar. Cada paróquia estabelecerá os horários das celebrações, respeitando um intervalo para a higienização do local.

A eucaristia será dada somente na mão do fiel, que deverá manifestar a intenção de comungar permanecendo em pé e com a mão estendida.

"Haja constante orientação aos fiéis, tanto por meio de cartazes, quanto pelas redes sociais, acerca das ações em vista do cuidado da integridade própria e do próximo: uso de máscara, distanciamento, não se cumprimentarem com aperto de mão, abraço e qualquer outra forma de contato físico, não tocarem em imagens e outros elementos presentes no local da celebração, não ficarem aglomeradas antes e depois das celebrações", diz trecho do documento.

O decreto também estabelece que os objetos litúrgicos e as alfaias sejam manuseados, exclusivamente, pelo presidente da celebração. Após as celebrações, eles devem ser higienizados. O presidente da celebração também deve ter um microfone exclusivo.

O Bispo orienta ainda que os fiéis, especialmente as pessoas dos grupos de risco (acima dos 60 anos, enfermos, gestantes, crianças e portadores de doenças crônicas), que permaneçam em casa e que acompanhem as celebrações pelas redes sociais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.