Quarta, 27 de Outubro de 2021
°

-

Cidades saúde

Margarete Silva será a nova secretária da Saúde de SJC

Saúde

15/02/2021 às 13h57 Atualizada em 15/02/2021 às 14h16
Por: Marçal Jr Fonte: Prefeitura de São José dos Campos
Compartilhe:
Margarete Silva será a nova secretária da Saúde de SJC

Nei José Sant'Anna
Secretaria de Saúde

A servidora pública municipal Margarete da Silva Correia, secretária-adjunta da Secretaria de Saúde de São José Campos, é a nova titular da pasta.

Ela substitui o secretário Danilo Stanzani Junior que deixa o cargo para assumir novos desafios.

Servidor de carreira da Prefeitura, Danilo foi nomeado em 2018 com a missão de dar prosseguimento aos projetos de implantação das UBSs Resolve em toda a rede, ampliar o atendimento de consultas com especialistas e exames e outros projetos.

Em meio à pandemia do novo coronavírus que se alastrou pelo mundo em 2020, coube ao então secretário conduzir a política de enfrentamento à covid-19 em São José, juntamente com o prefeito Felicio Ramuth.

Danilo continuará participando do Comitê Municipal de Enfrentamento à pandemia

Margarete

Assim que assumiu em 2018, Danilo convidou Margarete para ser a secretária-adjunta. Eles lideraram importantes projetos, tais como enfrentamento da pandemia da covid-19, novo modelo de acolhimento nas unidades de saúde, implantação da telemedicina, agendamento para dispensação de remédios de alto custo, classificação de riscos nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e outras melhorias.

Margarete tem 56 anos e é Arapongas (PR). A nova secretária é graduada em odontologia pela Unesp (Universidade Estadual Paulista- 1988) de São José dos Campos e pós-graduada pela Faculdade de Medicina da Fundação ABC (2008).

Na Prefeitura, começou a trabalhar em 1992, atuando no Programa de Saúde Bucal na escola Moacyr Benedito de Souza (Campo dos Alemães). Também fez o gerenciamento da UBS do Morumbi, do Famme, a direção do Departamento de Atenção Secundária e a coordenação do Centro de Controle de Zoonoses.

Agora, ela será a responsável pela gestão da pasta que tem o maior orçamento municipal de cerca de R$ 787 milhões para 2021, considerada uma das prioritárias pela atual administração.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários